0
0
0
s2sdefault

Em um ano de operação, o Disque Coronavírus 160, serviço disponibilizado pela Prefeitura desde março de 2020, ultrapassou a marca de 312.573 ligações. O canal exclusivo foi criado para que a população possa tirar dúvidas, solicitar fiscalização de decretos e fazer denúncias.  61% das ligações são para obter mais informações sobre a Covid-19.

O serviço, que funciona 24 horas nos sete dias na semana, recebe em média 1.500 ligações diárias. Só no fim de semana do início do decreto de toque de recolher (19/02 a 21/02), o número de ligações recebidas mais que dobrou, chegando a 2.391 ligações. Desse total, foram atendidas 78%. As demandas de Fiscalização de Poluição sonora e aglomerações totalizaram 45% dessas chamadas.

As demandas mais registradas são Informações/Orientações (60,75%), de cidadãos que procuram por postos de vacinação, testes rápidos, saque do benefício social "Salvador por Todos" e distribuição de cestas básicas, Em seguida estão Fiscalização/Denúncias (37,46%) de estabelecimentos que estão descumprindo os decretos.

As Reclamações, em (1,43%), se resumem na alta demanda de aglomerações das pessoas nas ruas, principalmente em bares com atividades sonoras. Sugestões e Elogios, juntos, somam (0,35%) dos registros, daqueles que aprovam as decisões da prefeitura em relação ao combate à pandemia.

Bairros mais demandados – Apesar da orientação alertando para a importância de permanecer em casa e manter o funcionamento apenas dos estabelecimentos liberados pelos decretos municipais, Cajazeiras ainda vem se mantendo como o bairro com maior registro de demanda. A central recebeu, ao todo, 11.868 registros relatando descumprimento das determinações somente nessa região.

A maior parte das ligações foi por demanda de fiscalização de bares com aglomeração e atividade sonora. Depois de Cajazeiras, os bairros mais demandados são: Pernambués (8.260), Itapuã (7.389), Fazenda Grande do Retiro (7.137), Liberdade (7.045), Paripe (6.697), São Marcos (6.663), São Cristóvão (5.317), Uruguai (5.157) e Boca do Rio (5.088).

Na outra ponta, dos menos demandados, estão As Ilhas (Maré, Frades, Bom Jesus dos Passos), Itinga, Aphaville I e II, Areia Branca, Porto Seco Pirajá, Horto Bela Vista, Jaguaribe, CAB, Jardim Placaford, Barroquinha, Água de Meninos, Horto Florestal e Chame-chame.

Como denunciar - O cidadão pode entrar em contato com o Disque Coronavírus 160 utilizando a opção 1, informando qual a atividade está ocorrendo (bar, restaurante, etc), a quantidade aproximada de pessoas, se há atividade sonora (carro, caixa, paredão) e o endereço com ponto de referência.  Pode também acessar o portal Fala Salvador www.falasalvador.ba.gov.br

Outros serviços – Para as demandas de iluminação pública, poda de árvore, coleta de lixo, limpeza de bueiro/caixa de sarjeta, retirada de animal morto de grande porte e serviço de tapa buraco, o cidadão pode utilizar o APP Fala Salvador. A central telefônica 156 funciona para os demais serviços do cotidiano da cidade, assim como o Portal Fala Salvador, no endereço www. falasalvador. ba. gov. br.

0
0
0
s2sdefault